Educação Transformadora

Como criar aulas de educação infantil on-line?

Confira algumas dicas que podem facilitar o engajamento dos alunos da Educação Infantil e dos seus familiares, neste período de estudos em casa

De todos os níveis de ensino, o que provavelmente apresenta mais desafios com relação à atividades on-line é o infantil. As aulas preparadas para crianças pequenas costumam ser muito lúdicas e envolvem estímulos motores, que conduzem descobertas afetivas, cognitivas e sociais. Além disso, manter os pequenos concentrados durante as aulas de educação infantil on-line também é bastante difícil, pois crianças nesta fase não ficam muito tempo paradas. O que fazer então para manter a rotina da escola mesmo que virtualmente?

Neste post, você vai ver algumas dicas de como as atividades a distância para os baixinhos podem ser feitas. Confira!

5 dicas para criar aulas de educação infantil on-line

1. Comunique-se com a família

Como temos dito ao longo desta quarentena, algo crucial para que o ensino a distância dê resultados é a construção de uma comunicação aberta e ativa com os familiares e responsáveis pela criança.

Grave vídeos curtos com orientações para os pais e, principalmente, aos alunos. Estas gravações são importantes para alimentar o contato entre professor e a criança, algo muito proveitoso na educação infantil, pois os pequenos se sentem mais confortáveis e seguros assistindo a um rosto conhecido.

2. Busque envolvolver os familiares

As atividades devem e precisam continuar descontraídas, mesmo que sejam a distância. A diferença agora é que existe um novo elemento no ambiente de aprendizagem das aulas de educação infantil on-line: os familiares.

Portanto, explique para os familiares como será o período de aula, o objetivo das atividades  e as habilidades a serem desenvolvidas. Mostre a  importância da Educação Infantil e que ela não é constituída de “simples brincadeiras”. Muitas das atividades são passadas como brincadeiras, mas possuem intenções educacionais. 

3. Mantenha a frequência das atividades

Para garantir uma constância no desenvolvimento dos alunos, é imprescindível que as aulas sejam planejadas e tenham uma sequência didática. Neste período de estudos em casa não é diferente. O ideal é que o aprendizado das crianças se mantenha nos cinco dias da semana.

Dessa forma, busque manter a frequência de atividades que realizaria em sala de aula, apenas reduza a quantidade. Envie tarefas diárias, mas com realização rápida. A ideia é provocar estímulos em “doses homeopáticas”. Lembre-se ainda de evitar aquelas aulas que não fazem muito sentido fora do ambiente escolar.

4. Crie aulas curtas e interativas

Videoaulas longas não fazem sentido para crianças. Para evitar a dispersão das aulas on-line de educação infantil, quebre o assunto em várias partes, em vários vídeos pequenos. Além disso, o que prende a atenção das crianças é a brincadeira, então use e abuse da contação de histórias, reproduza músicas, exiba elementos visuais coloridos e animados.

Com relação ao tempo ideal de videoaula, não existe uma fórmula que se aplique a todas as turmas e idades. Para os menores, de 1 a 2 anos por exemplo, alguns segundos podem bastar, enquanto os mais velhos, com 5 anos, já podem ter atenção em vídeos com 1 a 3 minutos. Na dúvida, comece com gravações mais curtas e vá aumentando aos poucos, sempre buscando um retorno dos familiares para saber se a aula funcionou.

5. Crie atividades com materiais simples

Ao encaminhar as atividades, não se esqueça que a quarentena pode dificultar o acesso a materiais. As regras de distanciamento social variam de município para município e, nos casos mais rigorosos, isso pode se tornar mais complicado ainda e as famílias sequer poderão sair para comprar algo.

Então, busque sempre adaptar as atividades com materiais que sejam fáceis de a criança ter em casa, como papel, lápis de cor, canetinha, cola e tesoura. O lixo reciclável também pode ser uma ótima saída neste caso. Oriente os pais a providenciarem “sucata” quando necessário.  Rolos de papel higiênico, copos e talheres descartáveis, anéis de lata, recipientes de plástico e isopor, revistas velhas, caixas e diversos materiais recicláveis serão artigos de luxo nas aulas de educação infantil a distância!


Bem, deu pra ver que com um pouco de criatividade e planejamento é possível reinventar aulas on-line de educação infantil, não é mesmo? Confira outras dicas sobre educação infantil aqui no Blog da Conquista, no Guia da Conquista e em nossos perfis no Facebook e Instagram.

COMPARTILHE ESTE POST

Relacionados: